Encerramento do Rock in Rio

Publicado: 03/10/2011 em Posts do Zumbi Brandon
Tags:

A 4ª edição “nacional” do festival, chegou ao fim nesse fim de semana.

No palco mundo, contamos com apresentações de Frejat, Detonautas, Pitty, Evanescence, System of a Down e Guns N’ Roses.

Ao contrário do que muitos esperavam, as atrações brasileiras foram bem recebidas pelo público. Com destaque para o Detonautas, que conseguiu erguer bastante, a platéia.

Foi Evanescence pisar no palco, que os problemas técnicos começaram a aparecer. O microfone da Amy Lee, simplesmente parou de funcionar no meio de uma música… Além de outros problemas menores, quanto ao som, que ocorreram. No entanto, apesar de meio “frio”, foi um bom show.

Em seguida, foi a vez de System of a Down, que era aguardada ansiosamente por seus fãs, pois era a primeira vez que a banda estava tocando no país. (Na verdade, segunda, pois havia tocando na noite anterior em São Paulo).

O show contou com 28 músicas, incluindo todos os grandes sucessos. Mesmo com problemas técnicos (também), e a falta de presença de palco de Serj Tankian, a banda trouxe e fez o que os fãs queriam.

Por fim, chegou a vez do Guns N’ Roses… Pelo fato de eu ser muito fã da banda, qualquer comentário será suspeito. No entanto, tentarei dar uma opinião imparcial a respeito do show.

A expectativa era bastante grande, pois na internet e em vários outros lugares, havia sido divulgado o provável setlist. O qual tinha quase 40 músicas, incluindo muitas que não eram executadas há anos, e outras que pareciam ser inéditas.

O atraso de Axl Rose já era mais do que previsto. No entanto, ninguém esperava que fosse acontecer um dilúvio, antes do início do show…

Se a noite já não estava tão boa, haja vista tantos problemas técnicos, com a chuva, só piorou… Nos deparamos com um palco totalmente alagado e com muitas pessoas abandonando a Cidade do Rock.

Se não fosse um festival, certamente o show seria adiado para outro dia.

Quando muitos já estavam perdendo as esperanças de ver o show acontecer, com 1:30h de atraso, Axl e companhia subiram ao palco.

Vamos aos pontos baixos e altos da apresentação:

Pontos Baixos

– A chuva, que nem pode ser chamada assim, pois foi um dilúvio, o qual aconteceu ininterruptamente durante todo o show. Os problemas técnicos, que já haviam aparecido durante toda a noite, apenas se agravaram… A passagem do som, simplesmente não serviu para nada. Durante a execução de várias músicas, percebemos uma guitarra mais alta do que deveria estar, outra baixa demais… Assim como a bateria, que em alguns momentos pareceu simplesmente não estar, lá.

– A voz do Axl, bem pior do que os fãs estavam esperando. Pois para quem acompanhou alguns shows da turnê 2009/2010, sabia que ela estava muito boa. Inclusive nos shows realizados no Brasil, em março de 2010.

– Axl errando a letra de músicas compostas por ele, mesmo… Pareceu simplesmente perdido em alguns momentos de November Rain, Patience e Knocking on heavens Door.

– Axl incomodado com alguma coisa que vinha acontecendo… Não se sabe se é por causa de tantos problemas juntos, ou se pelos erros que vinham ocorrendo durante a execução de algumas músicas. Percebemos muito bem, ele cantando as últimas músicas com show com um tom de deboche.

– Deixaram de tocar muitas músicas que estavam no provável setlist, da noite.

– Um característica bastante marcante da banda, é o fato de estarem sempre se movimentando bastante. Ontem, devido às condições climáticas e situação do palco (alagado), foram obrigados e ficarem “parados”… Fugindo do que o público estava acostumado a ver.

– Não querendo entrar muito em questões técnicas, mas em algumas canções notamos equívocos na escolha da guitarra e captadores. E é algo simples, que pode ser facilmente corrigido.

Pontos Altos

– O fato da banda ter aparecido, mesmo com o temporal, já pode ser considerado um ponto alto.

– Todos os grandes clássicos foram executados, incluindo a música Estranged, a qual não era tocada há 18 anos.

– Com todos os poréns, quem ficou até o fim, aplaudiu.

Em um balanço final, com tantos problemas, em uma noite que pareceu dar tudo errado, a apresentação foi abaixo do esperado. Mas para quem é fã, a música Estranged valeu a noite.

Estranged, música que não era tocada ao vivo há 18 anos.

Durante todo o festival, podemos dar destaque para alguns shows.

Como ótimos, Steve Wonder, Coldplay, Slipknot, Metallica e Ivete Sangalo.

Tivemos tantos outros que foram muito bons… Só para citar alguns:

Capital Inicial, Skank, Shakira, Stone Sour e Motohead, por exemplo.

Analisando por cima, o festival foi sucesso. Apesar das ocorrências de roubos e dos erros na hora de dividir as bandas em tais dias e horários.

Para descontrair…

Com vocês, o pior cover do mundo, de Guns N’ Roses:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s